"Com as lágrimas do tempo e a cal do meu dia eu fiz o cimento da minha poesia". (Vinícius de Moares)

19 dezembro 2011

Ainda..



"Não importa se tu estás perto ou longe,o que importa é que tu existe para que eu possa sentir a tua falta..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...