"Com as lágrimas do tempo e a cal do meu dia eu fiz o cimento da minha poesia". (Vinícius de Moares)

19 dezembro 2011

Não Vou te deixar ir..




Quando está escuro, Tome tempo para abraçar a si mesmaTome um tempo para perceber o que está em voltaAntes que se vá
Você não abre mão, Mas ainda assim você continua caindo Lembre-se de como você me salvou agora De todos os meus erros
E se for amor, apenas sinta E se há vida, veremosEsta não é a hora de ficar sozinha, sozinha, Sim, eu não vou te deixar ir, uh
Diga essas palavras, Diga essas palavras como se não restasse mais nadaFeche seus olhos e você poderá acreditar Que há alguma maneira de escapar, sim
Abra, Abra seu coração para mim agora Deixe tudo derramar Não há nada que eu não possa aguentar
E se for amor, apenas sinta E se há vida, veremosEsta não é a hora de ficar sozinha, sozinha, Sim, eu não vou te deixar ir, uh
Se o céu estiver caindo, Apenas pegue minha mão e segure-a Você não tem que ficar sozinha, sozinhaSim, eu não vou te deixar ir, uh
E se você sentir a chama do amor sumirE você está muito fraca para continuar lutandoE todos os seus amigos que você confia, desaparecem Eu vou estar aqui, não irei, esperando eternamente
Oh!
E se for amor, apenas sinta E se há vida, veremosEsta não é a hora de ficar sozinha, sozinha, Sim, eu não vou te deixar ir, uh
Se o céu estiver caindo, Apenas pegue minha mão e segure-a Você não tem que ficar sozinha, sozinhaSim, eu não vou te deixar ir, uh
Eu não vou te deixar ir, não Eu não vou te deixarEu não vou te deixar ir, não Eu não vou te deixarEu não vou te deixar ir, não Não vou te deixar ir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...