"Com as lágrimas do tempo e a cal do meu dia eu fiz o cimento da minha poesia". (Vinícius de Moares)

17 novembro 2015

Reticências



Tenho certeza que um dia vamos nos reencontrar numa esquina qualquer, nos olharmos nos olhos, e perguntarmos em silêncio por que estamos tão distantes... Engolindo seco todos os nossos momentos, respirando fundo nossas lembranças, e nos cumprimentando como dois desconhecidos. Sem sabermos o que dizer, nem o que fazer, perguntaremos um para o outro se estamos bem, mas já sabendo a verdadeira resposta; por não estarmos juntos. E ainda assim, ambos responderão ''sim'', com um sorriso forçado no rosto. 

Depois de um pouco de conversa, goles de novidades e uma fatia de curiosidade, partiremos para mais uma dolorosa despedida. Sem querermos dizer tchau, nossos corpos se abraçarão, e o que já esperávamos acontecer, acontece: o cheiro de nossas peles se reconhecem mais uma vez. A minha essência se mistura com a tua, fazendo uma forte combustão de saudade sem fim. Um cheiro de conforto e segurança fica no ar... Nossos braços entram em contato direto com um passado, que insiste em permanecer no presente, e ainda sonha com um esperançoso futuro. É como se estivéssemos sendo presenteados com o ontem e o amanhã ao mesmo tempo. 

E por fim, quando conseguíssemos lidar com esse momento tão emocional, cada um de nós vai seguindo um rumo, sem sabermos se uma “mera coincidência” vai nos unir novamente. Falaremos “até logo’’, porém, roendo as unhas de expectativa para ouvir um “fica mais um pouco’’. Mas isso talvez nunca venha acontecer! Até porque ficamos reféns do comodismo em ter medo de enfrentar o nosso orgulho. Ao ponto de conseguirmos perdoar nossos erros, esquecer mágoas, decepções e todos aqueles que dizem que não vamos dar certo. E definitivamente vivermos para nós, e só morrermos de amor. Colocando de uma vez por todas um ponto final nessas vírgulas e reticências...

____________________________________
Texto de autoria do poeta e escritor Pernambucano, Luís Henrique, 22 anos. Graduando de Publicidade e Propaganda, Fundador da página Um Nordestino disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...